domingo, 31 de maio de 2009

Ainda no trânsito.

No trânsito há algum tempo por vezes me distraio imaginando a vida privada de cada pessoa dentro dos carros ao redor do meu. E não é que temos algo em comum? Pelo menos estamos na mesma via, na mesma hora, numa enorme cidade. Coincidência, não? Incrível mesmo. Imagine se conhecer depois e dizer: sabe que no dia tal, exatamente a certa hora, eu estava na rua Natingui... e o outro diz: não é possível!! Eu também!!! E imaginar, ao meio-dia e meia, que a mulher do carro ao lado busca tranquila seu filho adolescente, já fizera as compras para o jantar, pensa na festinha de depois de amanhã, o que usar... Será que eles estão felizes? Tristes? Teria acontecido alguma coisa em suas vidas? Hoje? Se algo relevante, muito bom ou trágico acontecer naquele local e naquele instante teremos o mesmo destino. Ou ao menos apareceremos lado a lado em algum noticiário.

4 comentários:

  1. Genial!
    Sabe que eu também penso nisso, em como por ironia do destino, as pessoas se encontram... será o acaso ou tudo está pré-agendado? Neste segundo caso, pré-agendado por QUEM?
    E quando tiramos uma foto em uma viagem ou num restaurante ou num lugar qualquer?
    Veremos pessoas que eventualmente aparecem na mesma foto e que nunca saberemos quem são... será que um dia, mostrando as imagens a novos amigos, um deles não se reconheceria nas fotos e diria: "olha!!! eu também estava lá!!! Paris, 1992!!! Que férias não?!"
    Já parou pra pensar que nós também estamos em várias fotos de outras e desconhecidas pessoas???

    ResponderExcluir
  2. Pior é olhar para o lado ever o sujeito tiando uma meleca e fazendo bolinhas....

    ResponderExcluir
  3. Astronauta,sentindo falta da terra?23 de junho de 2009 12:27

    Muito bom o texto,
    eu tambem frequentemente penso na vida dos outros ou o que passa sobre as cabeças desse mundo e confesso que muitas vezes dou risada sozinho por chegar a conclusao que em muitos casos nada passa sobre as cabeças de algumas pessoas,destaque para nana.A diferença é que esses pensamentos nao aparecem na aula de ingles.

    ResponderExcluir
  4. Então, pois Zé, eu sei muito bem quem é o astronauta viu?
    E ó, muitas coisas passam sim pela minha cabeça, outro dia passou um motoqueiro, será que era vc? Ha ha ha...

    ResponderExcluir